SIGA POR E-MAIL

terça-feira, 28 de agosto de 2012

IMPORTAÇÃO DE ÉTICA E REGRAS


Há cerca de 8 anos que o SINDJA iniciou sua luta para dar um rumo descente àquilo que se pode chamar de profissional de arbitragem no Brasil.
Uma das premissas do SINDJA é a de conseguir buscar maior e melhor qualificação para os que desejarem adentrar o mundo da arbitragem e a outra é, exatamente,evitar que cláusulas arbitrais e por conseguinte os eventuais procedimentos arbitrais delas advindos,sejam entregues nas mãos de instituições arbitrais e árbitros estrangeiros, sem que fique um único centavo dos honorários arbitrais e gastos ou empregados durante os procedimentos, no Brasil.
Esse fato acima ocorre por conta de alguns poucos que ai estão e são, na grande maioria, os adeversários o SINDJA.
Nossa instituição não é xenofobista e nem admite tal prática , a qual seria uma afronta aos direitos humanos e à civilização.
Todavia, buscamos a parcela que nos caberia, já que contrato e conflito surgiram dentro do Brasil.
Para ilustrar o que falamos, aqui abaixo podem ler a notícia de que o Sr. Tony Blair veio trabalhar no Brasil.
Isto demonstra que a desorganização brasileira necessita de mentalidade diferenciada,costumes mais realistas e abrangentes,trabalhadores mais especializados em ética e eficiência.
A falta de preparo dos brasileiros exporta cláusula/convenções/compromissos arbitrais e abre as portas para que os de fora venham "ensinar-nos a trabalhar", porque os brasileiros, em geral, já  não são comprometidos nem  mais com o 'faz de conta' ou o antigo "para inglês ver" e falta ética para todos os lados.
Brasileiros escandalizam sem cumprir leis,sentenças judiciais e metas.Governo então nem se fala!
Por causa dessa realidade e até para não mais atrasarem as obras relaiconadas à Copa de Futebol da Fifa em 2014 no Brasil, é que Tony Blair está devidamente contratado e ganhando o que brasileiros poderiam ganhar se tivessem ética, preparo e patriotismo. A notícia original está à seguir:

                    TONY BLAIR , O EX 1º  MINISTRO BRITANICO


  
Tony Blair prestará consultoria ao governo de São Paulo
(Extraído de: Gazeta do Povo.Compartilhe o link desta notícia)

O governador Geraldo Alckmin assinou o convênio, que inclui a elaboração de um plano de modernização da gestão pública em colaboração com o Movimento Brasil Competitivo
O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair prestará serviços de consultoria para melhorar as condições de gerenciamento e modernização de projetos de longo prazo do estado de São Paulo. O governador Geraldo Alckmin assinou nesta segunda-feira (27) um convênio que inclui a elaboração de um plano de modernização da gestão pública em colaboração com o Movimento Brasil Competitivo (MBC).
O convênio contará com os serviços de consultoria da equipe de Blair, que esteve presente no ato de lançamento da iniciativa e manifestou seu compromisso com o projeto. "A proposta é ajudar a levantar os projetos que serão prioridade para São Paulo no futuro e nossa equipe trabalhará de forma conjunta para ajudar a implementar esses programas", disse Blair, citado em comunicado do governo de São Paulo.
De acordo com a nota, a aplicação do convênio acarretará um custo de R$ 12 milhões durante um ano, que não dependerão do orçamento público.
A equipe do ex-chefe do governo britânico, que amanhã se reunirá em Brasília com a presidente Dilma Rousseff, também presta serviços de consultoria ao Rio de Janeiro para a preparação dos Jogos Olímpicos de 2016.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário