SIGA POR E-MAIL

quinta-feira, 19 de abril de 2012

OS ADEVOGADOS,A VEZ DELES !

SEMPRE QUE PODEM ADVOGADOS E OUTROS MEMBROS DO PODER JUDICIÁRIO DESCEM UMA CARGA PESADA SOBRE ALGUNS JUIZES ARBITRAIS QUE SÃO PORTADORES DE MAU CARÁTER.
ATÉ A GRANDE IMPRENSA GOSTA DE ENCONTRAR OS "FALSOS JUIZES", COMO ELES DIZEM.
O SINDJA DESEJA SABER SE A OAB SERÁ TÃO EFICIENTE QUANTO QUANDO SE METE A DENUNCIAR JUIZES ARBITRAIS QUE CONTRARIAM OS INTERESSES DE ALGUNS ADEVOGADOS.
BONS ADVOGADOS NUNCA SE METEM CONTRA A ARBITRAGEM E MAGISTRADO DE ESTIRPE NÃO VENDE BENEFICIOS. ESTA É A TÔNICA DO SINDJA E DE SEUS ASSOCIADOS,ATÉ ESTA DATA.RESPEITAMOS O DIREITO E A LEI.
RESTA SABER O QUE FAZER COM  GENTE DESSE TIPO AI ABAIXO, SOBRE QUEM COPIAMOS A MATÉRIA JORNALISTICA ORIGINAL, INCLUINDO OS COMENTÁRIOS ALI POSTADOS ATÉ ESTE MOMENTO, E DISPONIBILIZAMOS OS LINKS PARA QUEM DESEJAR ACOMPANHAR O CASO. SÃO TRÊS LINKS:

http://www.blogdodecio.com.br/

http://www.blogdodecio.com.br/2012/04/19/advogados-queriam-r-800-mil-para-desaparecer-com-processo-de-dentro-do-tj/

http://www.blogdodecio.com.br/2012/04/19/suposto-assessor-de-desembargador-e-preso-tentando-extorquir-empresario/



NA FOTO ACIMA OS DOIS ADEVOGADOS:Marco Tulio Cavalcante Dominici  de camisa cinza e Francisco Reginaldo Duarte Barros de colarinho branco
À Seguir você lê a matéria e se preferir apenas click nos links acima antes das fotos e leia no original.

A MATÉRIA:


Assessor do TJ é preso tentando extorquir R$ 800 mil de empresário


(16h40) – A polícia prendeu agora há pouco dois advogados acusados de tentativa de extorsão de um empresário cuja empresa teve decisões desfavoráveis no Tribunal de Justiça. Eles estariam pedindo R$ 800 mil para “resolver” o caso.


Marco Túlio Dominici

Os advogados presos são Marco Túlio Cavalcante Dominici, assessor da presidência Tribunal de Justiça do Maranhão há seis anos e presidente da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), e Francisco Reginaldo Duarte Barros.

Eles estão prestando depoimento na Seic (Superintendência Estadual de Investigações Criminais) para onde foram levados presos.

O empresário Savigny Sauaia procurou a polícia para denunciar a tentativa de extorsão. Os advogados foram filmados e gravados. Ele pediram R$ 800 mil para resolver o problema judicial.

Foram presos em flagrante inclusive com a primeira parcela do pagamento no valor de R$ 400 mil e cópia da decisão que teriam de mudar.

Cabe a agora  também a leniente OAB do Maranhão tomar providências.

Daqui a pouco mais informações.

Nota: Post atualizado às 17h10 e 17h50.

Os comentários não representam a opinião deste blog; a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

13 comentários para “Assessor do TJ é preso tentando extorquir R$ 800 mil de empresário”




  1. carneiro
    19 abril, 2012 as 17:04

sobrinho de joão dominici,aquele das estradas fantasmas e dos 9,7 milhões que o tcu mandou devolver do povo de sjb

  1. SERVIDOR
    19 abril, 2012 as 17:24

UM DIA A CASA CAI.

CUIDADO PROPINEIROS. VOCÊS PODEM SER OS PRÓXIMOS A SEREM PEGOS.

  1. maranhão
    19 abril, 2012 as 17:40

a corda só quebra do lado fraco,ou alguem imagina que o desembagador tá limpo nessa estória? ele manda os homens de confiança pra fazer a negociata,agora que deu em merda,vai dizer que não sabia de nada,que não se responsabiliza,nós estamos acostumados a ver esses anjinhos na tv,defedendo a moral e os bons costumes.CNJ neles!

  1. Ricardo Soares
    19 abril, 2012 as 17:51

Caro jornalista, assessores do Poder Judiciários, conforme Estatuto do Advogado, exercem funções incompatíveis com a Advogacia. Portanto, esse não é um problema da OAB, já que o mesmo é impedido, por lei, de advogar.
Disponha sempre!

  1. flor
    19 abril, 2012 as 17:57

falta descobrir quem sao os poderosos do TJ que iam reformar a decisão.

Os propineiros fazem o trabalho in loco, mas depois tem peixe grande que está no ar-condicionado só esperando a maior parte da grana. Será que vão divulgar os nomes desses grandões tb?

  1. maranhão
    19 abril, 2012 as 18:06

quem conhece marco túlio e savgny,sabe da proximidade que os dois mantinham, ingenuo é pensar que o desembargador é inocente nessa,ele escala os seus homens pra fazerem a aproximação,agora que fedeu,vai dizer que não sabia de nada.dois amigos criadores de búfalos,sócios da ascem,frequentam a “sociedade”maranhense,esse angu tem caroço!

  1. Padilha
    19 abril, 2012 as 18:48

Ricardo Soares a OAB vive se metendo em tudo que é assunto, se nesse ela se omitir….logo na seara dela, é porque compactua dessas praticas..

  1. Cassio Reis
    19 abril, 2012 as 18:49

“Vigi” Maria… se mexer mais a “catinga” vai ser grande.
O pior é que a Maranhão todo sabe os malfeitos do TJ maranhense.

  1. Padilha
    19 abril, 2012 as 18:50

Se for pra prender todos que praticam esses delitos…. reserva o Castelão

  1. Dom
    19 abril, 2012 as 19:06

Décio Sá, diz aí quem é o advogado do empresário, só para completar a história !

  1. Rosyel Domiciano
    19 abril, 2012 as 19:09

Verdade sem advogado não há justiça ??kkkkk

  1. Rosyel Domiciano
    19 abril, 2012 as 19:13

Parabéns ao Delegado da SEIC Augusto Barros e para toda a equipe.

  1. Carlos
    19 abril, 2012 as 19:21

Com certeza eles agiam a mando de alguém.

Advogados queriam R$ 800 mil para ‘desaparecer’ com processo de dentro do TJMA



(19h45) – O presidente da Associação dos Criadores do Maranhão e advogado, Marco Túlio Cavalcante Dominici, e o colega da OAB Francisco Reginaldo Duarte Barros foram presos pela polícia nesta quinta-feira acusados de tentarem extorquir em R$ 800 mil o empresário Savigny Sauaia.


Francisco Duarte e Marco Túlio Dominici

Savigny denunciou a extorsão e a polícia preparou o bote. Marco Túlio e Reginaldo Duarte foram filmados e gravados por uma equipe da Seic (Secretaria Estadual de Investigação Criminal). Foram presos em flagrante com R$ 400 mil, primeira parte do pagamento.

Na verdade, eles não estavam vendendo sentença. Pediram o dinheiro para “desaparecer” com um processo referente ao espólio da família Sauaia de dentro do Tribunal de Justiça. As suspeitas da polícia é que já vinham fazendo isso há um bom tempo.

Muito afável e educado, Marco Túlio é assessor da presidência do TJ desde a gestão Raimundo Cutrim, passando por Jamil Gedeon e permanecendo na atual de Guerreiro Júnior.

Ele é natural de São João Batista e é sobrinho do ex-secretário João Dominici (Infraestrutura), que ficou conhecido por causa do escândalo das “estradas fantasmas” na gestão do parente José Reinaldo Tavares (2002 a 2006).

Muita gente no meio judicial já está se movimentando para soltar os dois advogados, o que mostra a grande influência deles.

Mas o blog estará atento e trará todos os detalhes de possíveis habeas corpus. Vamos passar a noite de olhos bem abertos!

Os comentários não representam a opinião deste blog; a responsabilidade é única e exclusiva dos autores das mensagens.

1 comentário para “Advogados queriam R$ 800 mil para ‘desaparecer’ com processo de dentro do TJMA”




  1. Roberto Ferreira
    19 abril, 2012 as 19:18

Agora o Desembargador também vai dar uma de vítima… Tenha dó… Todos sabem que era p ele… Mostra o video Décio!!!


Um comentário:

  1. Criar problemas para as pessoas para poder vender soluções é a marca desse tipod e gente,mesmo que prejudicando alguem.
    Que a OAB tenha moral e de-lhes o que merecem; Expulsão.
    E que a policia esclareça quem é o tal desembargador citado e que o CNJ vá fundo.
    Certamente é um dos 92% citados pela Ministra Eliana Clmon.

    ResponderExcluir