SIGA POR E-MAIL

quinta-feira, 8 de março de 2012

Juízes são acusados de venda irregular para abater empréstimos

SE ISTO ACONTECESSE COM PROFISSIONAIS DA ARBITRAGEM, SERIA CADEIA SEM ESCALAS.  COMO SÃO MAGISTRADOS, APENAS NOTICIAS E ESCANDALOS.VALE A PENA CONFERIRMOS:

Brasil 27-01-2012 às 08:25
Folha de São Paulo

Os juízes federais Moacir Ferreira Ramos, Solange Salgado e Charles Moraes, ex-presidentes da Ajufer (Associação dos Juízes Federais da 1ª Região), foram denunciados pelo Ministério Público Federal, sob acusação de amortizar empréstimos pessoais com recursos da venda irregular de sala comercial da associação de magistrados, informa reportagem de Frederico Vasconcelos publicada na Folha desta sexta-feira (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).
Ramos e Salgado foram denunciados por suposta apropriação indébita; Moraes, por receptação. A denúncia foi oferecida em novembro ao TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região). Ainda não há decisão do tribunal.
O caso faz parte de investigação sobre desvio de empréstimos da FHE (Fundação Habitacional do Exército) à associação de juízes.
No final de 2010, a Folha revelou que durante dez anos a Ajufer e a FHE firmaram contratos fictícios, em nome de juízes que desconheciam a fraude, e até de laranjas.
A associação tem sede em Brasília e reúne magistrados federais do Distrito Federal e de 13 Estados. A Folha não conseguiu ouvir os magistrados. Ramos sempre afirmou que não teve benefícios pessoais.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.





Nenhum comentário:

Postar um comentário